domingo, 30 de novembro de 2008

1 minuto

1 Minuto - D'Black e Negra Li ---------
Por onde quer que eu vá vou te levar pra sempre
A culpa não foi sua
Os caminhos não são tão simples, mas eu vou seguir
Viagem em pensamentos
Uma estrada de ilusões que eu procuro dentro do meu coração
Toda vez que fecho os olhos é pra te encontrar

A distância entre nós não pode separar
O que eu sinto por você não vai passar
Um minuto é muito pouco pra poder falar
A distância entre nós não pode separar
E no final, eu sei que vai voltar

(Negra Li):
Por onde quer que eu vá vou te levar pra sempre
A vida continua
Os caminhos não são tão simples, temos que seguir
Viagem em pensamentos
Uma estrada de ilusões que eu procuro dentro do meu coração

Toda vez que fecho os olhos é pra te encontrar
A distância entre nós não pode separar
O que eu sinto por você não vai passar
Um minuto é muito pouco pra poder falar
A distância entre nós não pode separar
E no final, eu seeeeeeeei........

E no meu coração, aonde quer que eu vá
Sempre levarei o teu sorriso em meu olhar

Toda vez que fecho os olhos é pra te encontrar
A distância entre nós não pode separar
O que eu sinto por você não vai passar
Um minuto é muito pouco pra poder falar
A distância entre nós não pode separar
E no final, eu sei que vai voltar

sábado, 29 de novembro de 2008

Momento Aristoteles


A coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras.

Nós somos aquilo que fazemos repetidamente. Excelência, então, não é um modo de agir, mas um hábito.

A dúvida é o principio da sabedoria.

A felicidade é para quem se basta a si próprio.

O sábio nunca diz tudo o que pensa, mas pensa sempre tudo o que diz.

O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflecte.

Nunca existiu uma grande inteligência sem uma veia de loucura.

As pessoas dividem-se entre aquelas que poupam como se vivessem para sempre e aquelas que gastam como se fossem morrer amanhã.

A inteligência é a insolência educada.

A educação tem raízes amargas, mas os seus frutos são doces.

No fundo de um buraco ou de um poço, acontece descobrir-se as estrelas.

O prazer no trabalho aperfeiçoa a obra.

O erro acontece de vários modos, enquanto ser correcto é possível apenas de um modo.

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Momento Mário Quintana

BILHETE
Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho, Amada,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...


DAS UTOPIAS
Se as coisas são inatingíveis... ora!
Não é motivo para não querê-las...
Que tristes os caminhos, se não fora
A presença distante das estrelas!


BORBOLETAS

Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de
se decepcionar é grande.

As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.

Temos que nos bastar... nos bastar sempre e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.

As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.

Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.

O segredo é não cuidar das borboletas e sim cuidar do jardim para que elas venham até você.

No final das contas, você vai achar
não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Claridade

CLARIDADE - Ana Carolina


Eu não vou te convencer
Do que é certo aqui pra mim
Eu não vou mudar você
Deixa o vento lhe mostrar
Ele sabe sobre mim

Eu não quero mais correr
Vou cuidar do meu jardim
Trago flores pra você
Deixo o tempo lhe mostrar
Nossa história é mesmo assim

Chora, pois a chuva de agora
Vai molhar as suas rosas
E a tristeza vai ter fim
É hora, acabou a tempestade
pra chegar
A claridade do amor

Chora, pois a chuva de agora
Vai molhar as suas rosas
E a tristeza vai ter fim
É hora, acabou a tempestade pra chegar
A claridade do amor


Pra mim é claro o quanto te amo e te quero pra mim
Não quero te mudar, nem te fazer decidir,
Mas espero um dia a certeza do seu amor por mim...

Minhas lágrimas não são só de tristeza em ter que deixar-te
São também de dor, por não viver um sonho lindo com você,
Dor por não saber como seria viver ao lado teu...

Te amo, e te amarei...

domingo, 23 de novembro de 2008

IMORAIS


Os Imorais - Zélia Duncan




Os imorais falam de nós
Do nosso gosto, nosso encontro,
Da nossa voz...
Os imorais se chocam por nós,
Por nosso brilho, nosso estilo
Nossos lençóis.
Mas um dia, eu sei, a casa cai
E então a moral da história
Vai estar sempre na glória de fazermos
O que nos satisfaz...
Os imorais falam de nós
Do nosso gosto, nosso encontro,
Da nossa voz...
Os imorais sorriram pra nós
Fingiram trégua, fizeram média
Venderam paz...
Mas um dia, eu sei, a casa cai
E então a moral da história
Vai estar sempre na glória de fazermos
O que nos satisfaz...

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Ser ou Não ser....




Heis a questão...
Até que ponto devemos ser nós mesmo?
Até que ponto permitem que sejamos nós mesmo e nos expressemos de acordo com aquilo que achamos correto...

O mundo anda cheio de preconceitos e esteriótipos, coisas que nos fazem sentir apenas mais um pedaço de uma grande massa... quando na verdade somos seres únicos e incomparáveis.

Viva a vida! Viva a diversidade!
Viva o diferente, o novo, o esquisito, o feio e o bonito!

VERDADE


A verdade dói, mas alivia...

Depois de toda a tempestade, a calmaria começa a despertar...
Novos tempos, novos ares e expectativas...

A vida nos revela o amor...
O amor nos mostra a verdade...
A verdade fortalesce o amor...

Nada me faz desistir, chega de choro e arrependimento...
Chega de viver do passado doloroso...

Quero e preciso viver e ser feliz...
Preciso viver quem sou!

sábado, 15 de novembro de 2008

Decepção


Decepção

é dificil ver quem te ama a chorar..
é terrível perceber a tristeza e a dor de quem vc ama e q te ama tambem....

é difícil ver quem vc mais ama te deixar...
é terrível não ter armas pra lutar contra a incerteza e a dúvida...

decepcionar alguém... é como apunhalar...
sangra, dói... e sinto também esta dor..
aliás... ela me mata... não sei se me arrependo... se não..
Já nem sei mais se houve erro...
nem acertos....

Sei que não desistirei... nem hoje, nem amanhã....
Sei que não deixarei de acreditar no amor...
Não irei jogar fora o mais belo e puro sentimento....

Quero um dia olhar pra trás... e ver que tudo valeu a pena...
Quero um dia ter ao meu lado... aquela pessoa que tanto amo e que será minha...

Sei que tudo vai dar certo... sei que nunca deixarei de viver e enfrentar a vida!

A você... meu perdão...
A você... meu te amo....
A você... meu coração....

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

NADA PRA MIM


NADA PRA MIM - Ana Carolina

Eu não vim aqui
Pra entender ou explicar
Nem pedir nada pra mim
Não quero nada pra mim
Eu vim pelo que sei
E pelo que sei

Você gosta de mim é por isso que eu vim
Eu não quero cantar
Pra ninguém a canção
Que eu fiz pra você

Que eu guardei pra você
Pra você não esquecer
Que eu tenho um coração
E é seu

Tudo mais que eu tenho
Tenho tempo de sobra
Tive voce na mão
E agora
Tenho só essa canção


Espero sempre poder ter vc... não só nas mãos, mas na minha vida e coração...

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Amigos!





Rafa!



















Karina....






Marcela...

















Pessoas especiais!
Momentos únicos!
Amigos inesquecíveis!


Amo vocês!

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Ainda Bem...

AINDA BEM - Vanessa da Matta






Ainda bem
Que você vive comigo
Porque senão
Como seria esta vida?
Sei lá, sei lá

Nos dias frios
Em que nós estamos juntos
Nos abraçamos sob o nosso conforto
De amar, de amar

Se há dores tudo fica mais fácil
Seu rosto silencia e faz parar
As flores que me manda são fato
Do nosso cuidado e entrega
Meus beijos sem os seus não dariam
Os dias chegariam sem paixão
Meu corpo sem o seu uma parte
Seria o acaso e não sorte

Neste mundo de tantos anos
Entre tantos outros
Que sorte a nossa heim?
Entre tantas paixões
Esse encontro nós dois
Esse amor

Entre tantos outros
Entre tantos anos
Que sorte a nossa heim?
Entre tantas paixões
Esse encontro nós dois esse amor

Entre tantas paixões
Esse encontro nós dois esse amor.



Ainda bem mesmo... sei que com você essa vida fica não mais fácil...
mas com muitos mais motivos pra vivê-la e enfrentá-la!
Com você ao meu lado posso sonhar, e mais que isso, posso realizar!
Você é muito importante pra mim!

sábado, 1 de novembro de 2008

Tolerância


Como água no deserto
Procurei seu passo incerto
Pra me aproximar
A tempo

O seu código de guerra
E a certeza que te cerca
Me fazem ficar atento

Não me importa a sua crença
Eu quero a diferença
Que me faz te olhar
De frente

Pra falar de tolerância
E acabar com essa distância
Entre nós dois

Deixa eu te levar
Não há razão e nem motivo
Pra explicar

Que eu te completo
E que você vai me bastar

Tô bem certo de que você vai gostar
Você vai gostar

Como lava no oceano
Um esforço sobre-humano
Pra recomeçar
Do zero

Se pareço ainda estranho
Se não sou do seu rebanho
E ainda assim
Te quero

É que o amor é soberano
E supera todo engano
Sem jamais perder
O elo

E é por isso que te espero
E já sinto a mesma coisa em seu olhar

Deixa eu te levar
Não há razão e nem motivo
Pra explicar

Que eu te completo
E que você vai me bastar, eu sei

Tô bem certo de que você vai gostar
Você vai gostar

Fiquem a vontade....

Usem e abusem!